Dicas

4 documentos exigidos para o transporte de seus cavalos

Antes de tirar o animal do haras, verifique se você tem em mãos alguns documentos importantes para o transporte do seu animal. Além disso, confira algumas dicas para que o deslocamento seja realizado de forma segura

Depois de um longo período sem a realização de eventos equestres por conta da pandemia, é natural que alguns proprietários tenham deixado de lado a emissão de documentos exigidos para o transporte de seus cavalos. Contudo, com a retomada gradativa de provas por todo o país, é bom colocar em dia essa documentação.

Conforme a legislação vigente, para o trânsito de equídeos são exigidos quatro tipos de documentos. São eles:

  1. Guia de Trânsito Animal (GTA), devidamente preenchida;
  2. Exames negativos para Anemia Infecciosa Equina (AIE) e para Mormo emitidos por laboratório oficial ou credenciado, com validade até o fim do evento que o animal vai participar;
  3. Atestado de sanidade, indicando que o animal não tem nenhum problema zoosanitário, bem como todos os animais do haras;
  4. Comprovante de Vacinação de Influenza Equina (IE);

Somente com todos esses documentos, os animais podem ser transportados pelas rodovias do país. Portanto, não deixe para a última hora e deixe tudo organizado antes de pegar a estrada.

Dicas para o transporte segura

A fim de auxiliar criadores e proprietários na hora de pegar a estrada para participar de provas equestres pelo país, separados algumas dicas para o transporte seguro dos animais. Confira abaixo:

⦁ Não transporte o animal em períodos de grande alteração de temperatura, ou muito frio ou muito calor;
⦁ É importante que o cavalo se alimente várias vezes durante o transporte. então, coloque algum feno para o animal;
⦁ Em caso de viagens muito longas, descarregar o cavalo para que ele descanse e beba um pouco de água;
⦁ É indicado, em alguns casos, oferecer algumas medicações para os animais durante o transporte, podendo até ser usado um antibiótico preventivo;
⦁ Dependendo da índole do animal é importante que ele seja sedado para ser transportado;
⦁ Uso de ligas e proteção para o rabo são importantes para que o animal não se machuque durante o transporte;
⦁ Atenção com as condições do caminhão e do trailer que irá usar para transportar os animai, a fim de acomodá-lo de forma segura e confortável. Quando o animal for muito grande, não é indicado ser transportado em trailer;
⦁ Por fim, quando chegar ao destino, retire todos os equipamentos de proteção e dê um bom banho no seu animal. Aproveite para verificar se ele está machucado. Além disso, às vezes pode ser necessário oferecer um soro para hidratação do animal;

E aí, gostou das dicas? Vale lembrar que antes de fornecer qualquer medicamento ao seu cavalo é sempre indicado consultar um médico veterinário especializado. Somente assim você garantirá o bem-estar do seu animal, a fim de que ele esteja apto para participar dos eventos equestres.

Por AV Comunicação Equestre
Fonte: Hélio Itapema, médico veterinário
Crédito da foto: Divulgação/House & Hound

Clique aqui e veja outras dicas no blog da Protécnica

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo