Nutrição

Por que meu cavalo tem gases durante o exercício?

Alguns cavalos frequentemente liberam gases enquanto estão sendo montados; aprenda sobre as possíveis ligações nutricionais entre exercícios e cavalos flatulentos

Seu cavalo costuma soltar gases sob a sela? Principalmente, quando entram no galope? A causa mais provável de um cavalo liberar gases quando montado, mas não durante o repouso, é que o movimento do exercício faz com que a taxa de motilidade intestinal mude.

Normalmente, o movimento através do intestino é bastante estável e, portanto, o gás passa lentamente e despercebido. No entanto, com o exercício, a taxa de movimento aumenta e o gás no trato digestivo se move mais rapidamente, de modo que uma grande quantidade de gás é passada de uma lentamente com o passar do tempo.

De acordo com médicos veterinários, o gás no trato digestivo é perfeitamente normal. Embora possamos não gostar de admitir, todos nós peidamos. Certamente, alguns alimentos na dieta humana são conhecidos por resultar mais provavelmente em gases do que outros, como vegetais crucíferos (repolho, couve de Bruxelas, brócolis, etc.) e feijão. Portanto, é possível que os gases do seu cavalo também estejam relacionados à dieta.

O gás liberado quando trabalhado é provavelmente o resultado da fermentação da ração no intestino posterior do cavalo pela população microbiana que vive lá . Este é um processo perfeitamente normal e desejável, mas às vezes a dieta pode resultar em uma fermentação mais rápida e na produção de maiores quantidades de gás. Se a dieta do seu cavalo for rica em compostos que resultam na proliferação de bactérias produtoras de gás, então mais gás pode ser produzido.

Além disso, grandes refeições ricas em amido ou açúcar podem causar produção de gases, porque a quantidade pode ser muito grande para o intestino delgado absorver. O excesso escapa para o intestino grosso, onde é facilmente fermentado pelas bactérias do intestino grosso, criando gases.

Comer grandes quantidades de grama de primavera também podem causar isso. Mudanças repentinas no feno também podem resultar na produção de gás enquanto os micróbios se adaptam à composição química do novo feno.

Vale a pena avaliar a dieta de um cavalo que expele uma grande quantidade de gases para descartar qualquer um desses possíveis problemas. Tornar a dieta bastante branda, evitar alimentos com alto teor de amido e mudanças repentinas na dieta pode ajudar. Fazer uso de um bom prebiótico, como a levedura Saccharomyces cerevisiae, que pode ajudar a estabilizar a população microbiana do intestino posterior, também pode ajudar.

Por fim, tenha uma coisa em mente: soltar gases é certamente mais desejável do que não soltar, porque seu acúmulo pode, às vezes, causar deslocamento do trato digestivo, resultando em desconforto e cólicas.
Embora o acúmulo de gás possa ser um sinal de bloqueio no trato digestivo e indicar problemas, saiba que se o seu cavalo está soltando gases, mas está saudável e feliz, você não tem nada com que se preocupar.

Fonte: Summit Equine Nutrition
Crédito da foto: Divulgação/Pexels/Helena Lopes

Clique aqui e veja outras dicas no blog da Protécnica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo